EFPI – II

Educação Física na Primeira Infância II EEFEUSP 2017 – Ementa Oficial

CRONOGRAMA

10 de Agosto MANHÃ

  • Tema: Apresentação da Estrutura da Disciplina
  • Notas sobre a aula:
    • Exposição dos objetivos e dinâmica da disciplina;
      • Haverá aulas teóricas; aulas de observação de crianças em aula – aprender a nadar; aulas com a participação de profissionais envolvidos na educação física para crianças de primeira infância;
      • A Nota final = [(Prova Escrita*5)+(Participação*2)+(Trabalho*3)]/10
      • Não há segunda avaliação nessa disciplina;
    • Divisão dos Grupos de Trabalho

      • Apresentar o local da visita até 20 de AGOSTO
      • Enviar apresentação da visita até 19 de OUTUBRO
    • Os trabalhos constarão de:
      • Ampliação do trabalho do primeiro semestre – considerando o tópico dificuldades motoras e natação – maiores detalhes;
      • Vídeo de 15 minutos apresentando a visita realizada a uma instituição de atuação profissional com crianças de primeira infância e educação física

10 de Agosto TARDE

  • Tema: PROGRAMAS DE INTERVENÇÃO: Aprendendo a Nadar: fundamentos e resultados  (Aula Teórica)
  • Leitura requerida:
    • Freudenheim, A.M. O nadar: uma habilidade motora revisitada. 1. ed. São Paulo: EFEUSP/EFP, 1995. 92p.
    • Freudenheim, A.M.; Gama, R.I.R.B.; Carracedo, V. A. Fundamentos para a elaboração de programas de ensino do nadar para crianças. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 2, n.2, p. 61-69, 2003. Baixar PDF
  • Notas de aula: 
    • Apresentação:
      • da estruturação de um programa de intervenção a partir dos fundamentos teóricos – Aprendendo a Nadar
      • dos objetivos por idade do programa aprendendo a nadar;
      • resultado do efeito do programa no domínio motor, afetivo e cognitivo.
  • Slides:
    • Fundamentos –
    • Resultados – só em aula;

17 De Agosto MANHÃ

  • Tema: Observação Programa Nadar 1 – Análise do nível de desenvolvimento motor aquático
  • Leitura requerida: 
    • Freudenheim, A.M. O nadar: uma habilidade motora revisitada. 1. ed. São Paulo: EFEUSP/EFP, 1995. 92p.
  • Notas sobre a aula:
    • A partir da sequência desenvolvimental do nadar os alunos buscarão reconhecer os níveis de desenvolvimento das crianças da turma que iremos observar ao longo do semestre;
    • Relacionar as atividades ministradas com os objetivos teóricos do programa;
    • Transcrever as atividades para utilizar na próxima aula de observação.

17 de Agosto TARDE

  • Tema: Pedagogias da Infância (Aula Teórica)
  • Leitura requerida:
    • Oliveira-Formosinho, J. (2007). Pedagogia(s) da infância: reconstruindo uma práxis de participação. In J. Oliveira-Formosinho, T. M. Kishimoto, & M. A. Pinazza (Eds.), Pedagogia(s) da infância: dialogando com o passado, construindo o futuro (pp.13-36). Porto Alegre: Artmed.
  • Notas de aula: 
    • A enfase do semestre é avançar no aspecto pedagógico e didático de programas de educação física para crianças de primeira infância, com isso, um aspecto essencial diz respeito ao graduando reconhecer aspectos estruturantes das propostas pedagógicas.
    • Será discutido dois modos de fazer Pedagogia:
      • Pedagogia da Participação que se fundamenta numa práxis alicerçada em crenças, teorias e ações na forma de um movimento triangular
        que conduz a processos reflexivos contínuos e estabelecer um constante processo interativo de diálogo com a sociedade, com as
        crianças e suas famílias;
      • Pedagogia da Transmissão baseada no modo tradicional de fazer
        Pedagogia e centrada no conhecimento que se deseja transmitir, dando pouca importância aos contextos e os sujeitos envolvidos no processo de veiculação de saberes.
    • Discussão sobre as implicações para uma educação física infantil a partir dos fundamentos de teorias contemporâneas: futuro necessário ou ideia intangível?
    • Apresentação da importância para a Pedagogia de John Dewey. Discutindo suas ideias centrais:
      • Buscar desenvolver uma educação focada na combinação entre a experiência primária e a experiência mais elaborada;
      • uma educação baseada na investigação protagonizada pela própria criança, tornando-a sujeito de seu próprio conhecimento (o aprender-fazendo).

24 de Agosto MANHÃ

  • Tema: Aula para realizar a visita  
  • Notas de aula: 
    • Os alunos deverão procurar instituições que trabalhem com educação física para crianças de primeira infância e agendar uma entrevista com o professor responsável. A ideia é que consigam obter informações sobre os aspectos profissionais envolvidos nesse campo de trabalho. Neste dia não há aula na USP, assim os alunos tem o dia livre para realizar o trabalho. Maiores explicações serão apresentadas no primeiro dia.

24 de Agosto Tarde

  • Tema: Aula para realizar a visita
  • Notas de aula: 
    • Semelhante a aula da manhã.

31 de Agosto Manhã

  • Tema: Observação Programa Nadar 2 – Análise dos aspectos pedagógicos e didáticos da aula I
  • Notas de aula: 
    • O principal aspecto a ser observado é a continuidade nas atividades do professor. Buscando relacionar o que foi ministrado na aula anterior com as atividades do presente dia, sempre associando os aspectos teóricos e objetivos do programa.

31 de Agosto Tarde

  • Tema: Infância: Fundamentos históricos e sociológicos (Teórica)
  • Leitura requerida:
    1. Resenha do Livro de Heywood  – Baixar
    2. Heywood, C. (2004). Uma história da infância: da idade média à epoca contemporânea no Ocidente. Porto Alegre: Artmed. pág. 9 – 59
    3. Corsaro, W. A. (2011). O estudo sociológico da infância. In: Sociologia da infância. W. A. Corsaro. Porto Alegre, Artmed: 384. pág. 11-56
  • Notas de aula: 
    • Diferenciação Criança x Infância;
    • Construção do conceito de Infância;
    • Fundamentos históricos para entender as diferentes concepções de infância no presente e ao longo do tempo;
    • Temas na história cultural da infância;
    • Sendo a infância uma construção social, espera-se que a sociologia possa ter teorias para ajudar a pensar e organizar espaços para vivenciar uma infância em que o movimento seja valorizado.
    • Sociologia da infância como um campo novo de investigação e com implicações para o educador;
    • O conceito de representação interpretativa para pensar e dialogar com as infâncias;

14 de Setembro Manhã

  • Tema: Observação Programa Nadar 3 – Análise dos aspectos pedagógicos e didáticos da aula II
  • Notas de aula:
    • Um dos aspectos centrais na aula diz respeito a como o professor estrutura e apresenta suas metas,  instruções, distribui a prática e apresenta feedback. Fundamentalmente, como ele lida com fatores que potencializam a aprendizagem das crianças ao longo da aula.  A ideia básica é observar a natureza e estrutura de aspectos como: metra, instrução, prática e feedback aumentado.

14 de Setembro Tarde

  • Tema: Aula para realizar a visita
  • Notas de aula:
    • Mais um período para que os alunos possam se dedicar ao trabalho da visita. Aula não presencial.

21 de Setembro Manhã

  • Tema: Observação Programa Nadar 4 – Análise do nível de envolvimento dos alunos
  • Leitura requerida:
    • Oliveira-Formosinho, J., & Araújo, S. B. (2004). O envolvimento da criança na aprendizagem: Construindo o direito de participação. Análise Psicológica, 1(XXII), 81-93. baixar
  • Notas de aula: 
    • O objetivo do professor quase sempre é promover a aprendizagem de seus alunos, no entanto, a aprendizagem não é algo tão simples e rápido de observar, ainda mais em termos comportamentais. Assim, o professor sempre apresenta certo nível de insegurança, pois como organizar as próximas atividades? como saber se uma atividade esta sendo proveitosa para a aprendizagem do aluno? Essas dúvidas sempre estão a frente do professor. Novas pedagogias se caracterizam pelo conceito de aluno participativo, que “coloca a mão na massa” e produz seu conhecimento. Com isso, um dos elementos chaves para a aprendizagem nessa perspectiva é entender até que ponto o aluno está envolvido na tarefa, realizando apenas o que o professor solicita, ou envolvido de tal forma que se coloca em situações que a única solução é a criação, invenção de respostas. Assim, um aspecto central quando o aspecto é a aprendizagem via pedagogias participativas é conseguir entender o nível de envolvimento da criança na atividade.

21 de Setembro Tarde

  • Tema:  Competências: Desenvolvimento  Motor (Teórica) 
  • Notas de aula: 
    • Revisão dos conceitos das habilidades motoras básicas de crianças de primeira infância.
    • Discussão sobre os fundamentos que o professor evoca para explicar as mudanças no comportamento motor das crianças. Buscando despertar o olhar do graduando para as diferentes explicações teóricas sobre o desenvolvimento motor e suas implicações pedagógicas.
  • Leitura requerida: 
    • Descrição das Habilidades Motoras Básicas
      • Gallahue, D., J. Ozmun and J. D. Goodway (2013). Compreendendo o desenvolvimento motor: Bebês, Crianças, Adolescentes e Adultos. Porto Alegre, RS, ARTMED. pág. 206 – 272
    • Diferentes explicações para a mudança desenvolvimental
      • Haywood, K. M. and N. Getchell (2010). Desenvolvimento motor ao longo da vida, ArtMed. Capítulo 1 – Conceitos fundamentais pág. 3-48

28 de Setembro Manhã

  • Tema: Instrumentos de avaliação do Desenvolvimento Motor: TGMD 2 e 3, análise por componente e corpo inteiro (Teórico-Prática)
  • Leitura requerida:
    • Apostila do #LACOM
    • Cools, W., Martelaer, K. D., Samaey, C., & Andries, C. (2009). Movement skill assessment of typically developing preschool children: a review of seven movement skill assessment tools. J Sports Sci Med, 8(2), 154-168.
  • Notas de aula: 
    • Apresentação das ideias gerais desses instrumentos de avaliação;
    • Conhecendo a forma de coleta e análise de habilidades motoras básicas

28 de Setembro Tarde

  • Tema: Palestra com Profissional da Natação Infantil – Profa. Ana Carolina Mohamed Abrão
  • Notas de aula: 
    • Essa é uma dinâmica que permite aos graduando conversarem com quem está no campo de trabalho atuando com crianças de primeira infância em ambientes onde o Bacharel atua.

5 de Outubro Manhã

  • Tema: Programas de Intervenção: Dificuldade Motora – TARGET (Teórica)
  • Leitura requerida:
    • Valentini, N.C. A influência de uma intervenção motora no desempenho motor e na percepção de competência de crianças com atrasos motores. Revista Paulista de Educação Física, v. 16, n.1, p. 61-75, 2002.
    • Valentini, N.C.; Rudisill, M.E. Mastery Climate: Children in Charge of their own Learning. Teaching Elementary Physical Education, v. 10, p. 6-10, 1999.
    • Valentini, N.C.; Rudisill, M.E. Motivational Climate, Motor-Skill Development, and Perceived Competence: Two Studies of Developmentally Dalayed Kindergarten Children. Journal of Teaching in Physical Education, v. 23, p. 216-234, 2004.
  • Notas de aula: 
    • Conhecer os fundamentos da teoria motivacional de alcance ao objetivo
      • Distinguir a orientação voltada ao ego (rendimento) e a maestria (tarefa);
    • Compreenda o método TARGET;
      • Conhecer os objetivos, fundamentos teóricos, o método e as dimensões do TARGET;

5 de Outubro Tarde

  • Tema: Instrumentos de avaliação da Coordenação Motora KTK (Teórico-Prática)
  • Leitura requerida:
    • Chaves, R., Tani, G., Souza, M., Baxter-Jones, A., & Maia, J. (2013). Desempenho coordenativo de crianças: construção de cartas percentílicas baseadas no método LMS de Cole e Green. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 27(1), 25-42.
    • Cools, W., Martelaer, K. D., Samaey, C., & Andries, C. (2009). Movement skill assessment of typically developing preschool children: a review of seven movement skill assessment tools. J Sports Sci Med, 8(2), 154-168.
    • Gorla, J. I., Araújo, P. F. d., Rodrigues, J. L., & Pereira, V. R. (s.d.). O teste KTK em estudos da coordenação motora.
  • Notas de aula: 

19 de Outubro Manhã

  • Tema: Programas de Intervenção: Dificuldade Motora – TARGET (Prática)
  • Leitura requerida: 
    • mesma da aula de TARGET 1.
  • Notas de aula: 
    • Aula prática com os graduandos exemplificando os princípios do TARGET.

19 de Outubro Tarde

  • Tema: Competências: Desenvolvimento Afetivo – Competência Motora Percebida
  • Leitura requerida:
    • BASSO, L., CATTUZZO, M. T., OLIVEIRA, D. d. S., & FREUDENHEIM, A. M. (2015). Motivação dos alunos para as aulas de educação física: considerações e implicações para a atuação docente no ensino fundamental. In W. R. C. B. M. Rodrigues (Ed.), Educação Física no Ensino Fundamental: da inspiração à ação (pp. 93-104). Várzea Paulista: Editora Fontoura.
    • Gallahue, D.; Ozmun, J.C. Compreendendo o Desenvolvimento Motor: Bebês, crianças, adolescentes e adultos. 2ª edição, 2003. Capítulo DESENVOLVIMENTO E AUTO CONCEITO NA INFÂNCIA  – Se pegar a versão de 2013 não haverá este capítulo. 
    • Perez, L. M. R.; Sanz, J. L. G. New measure of perceived motor competence for children ages 4 to 6 years. Perceptual and Motor Skills, v. 101, n. 1, p. 131-148, Aug 2005
  • Notas de aula: 
    • Estrutura multidimensional do autoconceito
    • O papel do professor na competência motora percebida
    • Estruturando atividades para promover uma cmp positiva

DATA MÁXIMA PARA COLOCAR AS ENTREVISTAS ONLINE


26 de Outubro Manhã

  • Tema: Competências: Desenvolvimento Cognitivo – Simbolismo 
  • Leitura requerida:
    • Vieira, F. e Lino, D. As contribuições da teoria de Piaget para a pedagogia da infância. In:Oliveira-Formosinho, J.; Kishimoto, T. M.; Pinazza, M. A. (Orgs.). Pedagogias(s) da infância: dialogando com o passado: construindo o futuro. Porto Alegre: Artmed, 2007. p. 197 – 217.
  • Notas de aula: 
    • Abordagens para o estudo do desenvolvimento cognitivo
    • Piaget e a construção do conhecimento
    • Fases do desenvolvimento cognitivo
    • Implicações do simbolismo para as aulas de educação física infantil

26 de Outubro Tarde

  • Tema: Palestra com Profissional de Academias Infantis – Espaços Kids – Profa. Fernanda Figueiredo
  • Notas de aula: 
    • Essa é uma dinâmica que permite aos graduando conversarem com quem está no campo de trabalho atuando com crianças de primeira infância em ambientes onde o Bacharel atua.

9 de Novembro Manhã

  • Tema: Competências: Desenvolvimento Moral – Heteronomia x Autonomia e Regras do Jogo
  • Leitura requerida:
    • LA TAILLE, Y. Moral e ética, dimensões intelectuais e afetivas. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006, p. 1-105.
    • Moral e Ética por Yves de La Taille – vídeo 1 – acessar  vídeo 2 acessar e por Sérgio Cortella –  acessar
  • Notas de aula: 
    • O domínio Moral: fenômeno e campo de estudo
    • Diferenciação entre Moral e ética
    • As fases do desenvolvimento moral
    • As regras do jogo e a criança heteronômica

9 de Novembro Tarde

  • Tema: Aula para a apresentação das visitas (Grupos 1, 2, 3)
  • Leitura requerida:
    • Assistir as entrevistas
  • Notas de aula: 
    • As apresentações deverão ser assistidas em casa, e em sala faremos pequenos debates e discussões a partir dos temas teóricos abordados na disciplina.

16 de Novembro Manhã

  • Tema: Palestra com Profissional de Artes Marciais – Judô no Extra Turno Escolar – Prof. Fernando Garbeloto dos Santos
  • Notas de aula: 
    • Essa é uma dinâmica que permite aos graduando conversarem com quem está no campo de trabalho atuando com crianças de primeira infância em ambientes onde o Bacharel atua.

16 de Novembro Tarde

  • Tema: Aula para a apresentação das visitas (Grupos 4, 5, 6 e 7)
    • Leitura requerida:
      • Assistir as entrevistas
    • Notas de aula: 

23 de Novembro Manhã

  • Tema: Palestra com Profissional de Tênis – Formação Esportiva e o DM – Prof. Vitor Fereira de Farias
  • Notas de aula: 
    • Essa é uma dinâmica que permite aos graduando conversarem com quem está no campo de trabalho atuando com crianças de primeira infância em ambientes onde o Bacharel atua.

23 de Novembro Tarde

  • Tema: Palestra com Profissional Movimento Mirim ou Futebol – a confirmar
  • Notas de aula: 
    • Essa é uma dinâmica que permite aos graduando conversarem com quem está no campo de trabalho atuando com crianças de primeira infância em ambientes onde o Bacharel atua.

30 de Novembro Manhã

  • Tema: Prova Escrita
  • Notas de aula: 

30 de Novembro Tarde

  • Tema: Encerramento da Disciplina e entrega de Notas
  • Notas de aula: 

 

Lixo

 

 

 tp://www.mcgill.ca/spot/pmcix

 

 

 

2 AULA – 10 de Agosto – TARDE

  • Tema: Apresentação do Programa de Educação Física Aprendendo a Nadar: Conceitos, fundamentos e resultados
  • Leitura requerida: Artigo Andy
  • Slides de aula: acessar
  • Notas de aula:
    1. Diferenciação entre programas focados na técnica e focados no desenvolvimento motor aquático;
    2. Resultados:
  • Tarefa para próxima aula:
    • Leitura:
      • Motor
          1. Cools, W., De Martelaer, K., Samaey, C., & Andries, C. (2009). Movement skill assessment of typically developing preschool children: A review of seven movement skill assessment tools. Journal of Sports Science and Medicine, 8(2), 154-168.
          2. Wiart, L. and J. Darrah (2001). “Review of four tests of gross motor development.” Developmental Medicine & Child Neurology 43(4): 279-285.
          3. Mayson, T. A., S. R. Harris, et al. (2007). “Gross motor development of Asian and European children on four motor assessments: a literature review.” Pediatric Physical Therapy 19(2): 148-153.
  • Elaboração de um texto sobre avaliação – relacionado ao programa PBNURI;

3 AULA –

  • Tema: O ensino do esporte na primeira infância: o que dizer e fazer? Iniciação e especialização precoce: natureza e posicionamento.
  • Leitura sugerida:
  1. Nunomura, M., Carrara, P. D. S., &  Tskukamoto, M. H. C. (2010). Ginástica artística e especialização precoce: cedo demais para especializar, tarde demais para ser campeão!  . Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 24(3), 305-314. acessar
  2. BRENNER, J.; COUNCIL ON SPORTS MEDICINE AND FITNESS (CSMF). Overuse injuries, overtraining, and burnout in child and adolescent athletes. Pediatrics, Elk Grove Village, v.119, n.6, p.1242-45, 2007.
  3. CARAZZATO, J.G. A criança e o esporte: idade ideal para o início da prática esportiva competitiva. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v.1, n.4, p.97-101, 1995.
  4. CLAESSENS, A.L.; MALINA, R.M.; LEFEVRE, J.; BEUNEN, G.; STIJNEN, V.; MAES, H.; VEER, F.M. Growth and menarcheal status of elite female gymnasts. Medicine & Science in Sports & Exercise, Madison, v. 24, n.7, p.755-63, 1992.
  5. MARQUES, A.T. A especialização precoce na preparação desportiva. Treino Desportivo, Lisboa, n.19, p.9-15, 1991.
  6. KUNZ, Elenor. Transnsformação didático-pedagógica do esporte. Ijuí-SP: ED. UNIJUI, 2001.
  7. TANI, G. Iniciação esportiva e influências do esporte moderno. In: F. M. Silva. (Org.). Treinamento desportivo: Aplicações e implicações. Treinamento desportivo: Aplicações e implicações. João Pessoa: Editora Universitária, 2002
    GABARRA, L. M.; Kátia Rubio; ANGELO, L.F. A Psicologia do Esporte na Iniciação Esportiva Infantil. Psicología para América Latina, v. 18, p. 18, 2009.
     
  • Slides de aula: acessar
  • Tarefa para proxima aula:

4 AULA –

  • Tema: Níveis de envolvimento nas atividades de crianças de primeira infância
  • Leitura requerida:
  • Slides de aula: acessar
  • Tarefa para proxima aula:

5 AULA –

  • Tema:
    • Apresentação do trabalho Objetivos da educação física na primeira infância: fundamentos e exemplos a partir da ideia da DMDC;
    • Treinamento do envolvimento em sala e na aula do PBNuri;
  • Leitura requerida: Formosinho e Araújo (2004) – acessar
  • Slides de aula: acessar
  • Tarefa para proxima aula:

06 de Setembro –

13 de Setembro –

6 AULA – 20 de Setembro – Prof. Doutorando Fabricio Madureira

  • Tema: Natação para bebês: ideias, princípios e exemplos
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s