DM Aquático

Bibliografia referente aos aspectos do Comportamento Motor Aquático (Controle, Aprendizagem e/ou Desenvolvimento motor). Organizada por ordem alfabética do sobrenome do primeiro autor. A bibliografia que tiver um asterisco antes do sobrenome do primeiro autor é prioritária para estudo – compõe o que entendemos como bibliografia fundamental para entender as demais. Quando possível, ao final da referência encontra-se o PDF. Conforme vamos estudando as bibliografias, inserimos ao final uma indicação de uma ou mais das áreas que o trabalho enfoca, são elas:

  • #Concepção – enfoca o conceito, natureza do nadar e natação;
  • #Lacom – produção do LACOM referente a temática nadar;
  • #Desenvolvimento – Aspectos desenvolvimentistas do Nadar;
  • #Restrição – discussão sobre o efeito das restrições (organismo, ambiente e/ou tarefa) no nadar e/ou desenvolvimento motor aquático;
  • #Instrumento – apresentação de um instrumento para avaliar aspectos do nadar;
  • #Programa – investigação do efeito de programas de instrução sobre o desenvolvimento/aprendizagem do nadar, e pode já ter indicador mais específico, de acordo com o tipo de sujeitos, por exemplo:
    • que não sabem nadar #programa_iniciante
    • de diferentes populações especiais #programa_atípico ;
    • que estão iniciando os estilos crawl, costa, peito e/ou borboleta  #programa_natação
    • que buscam o domínio/competência no meio aquático para não se afogarem #programa_afogamento;

 

  1. Apolinário, M.R. Índice de coordenação da braçada do nado crawl. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires), v. 156, p. 1-5, 2011. #Lacom  Apolinário 2011
  2. Apolinário, M.R. O papel da consistência e da variabilidade na braçada do nado crawl em indivíduos com níveis de habilidades distintos frente a uma modificação estrutural da tarefa. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da USP. #Lacom  Apolinário 2010
  3. Apolinário, M.R. Organização temporal da braçada do nado crawl em jovens nadadores. Início: 2016. Tese (Doutorado em Biodinâmica) – Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo. #Lacom  Apolinario 2016
  4. Apolinário, M.R.; Marques, M.T.S.P.; Oliveira, T. A. C.; Corrêa, U. C.; Freudenheim, A.M. Efeitos da modificação do ritmo de pernada na braçada do nado crawl. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 10, p. 11-18, 2011. #Lacom  Apolinário 2011
  5. Apolinário, M.R; Oliveira, T. A. C. D; Ferreira, L. F; Basso, L.; Corrêa, U.C.; Freudenheim, A.M. (2012). Efeitos de diferentes padrões respiratórios no desempenho e na organização temporal das braçadas do nado “Crawl”. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 26(1), 149-159. #Lacom  Apolinário 2012
  6. Armbruster, D. A., Allen, R., & Billingsley, H. S. (1968). Swimming and diving.
    St. Louis: CV Mosby Co. #programa_iniciante
  7. Balan, C. & Langendorfer, S. (1988a). Development and biomechanical descriptions of adult beginner swimmers. AAHPERD abstracts- 1988. Washihgton, DC: AAHPERD publications.
  8. Balan, C. & Langendorfer, S. (1989b). Effects of different teaching techniques on developmental (a referência passada está incomplete)…
  9. Bennet, H.; Wagner, T.;Fields, A. 1983. Acute Hyponatremia and Seizures in infantil after a Swimming Lesson. Experience and Reason, 125-127. Bennet, 1983
  10. Bory, E. (1971). Teaching children to swim. New South Wales, Australia: Paul Hamlyn.
  11. Brennan, A. 2010. Teaching Aquatic Skills to Children with austism spectrum disorders. University of West Florida. #programa_atípico #Desenvolvimento #Instrumento: Aquatic Orientation Checklist (AOC)  Brennan, 2010
  12. Bruya, L.D., Frankilin, L., Langendorfer, S., & Reid, A. (1984, November). Establishing a preschool aquatics movement program. Paper presented at the Biennial Conference in the council for national cooperation in Aquatics, Fort Worth, TX.
  13. Carroll; Langendorfer; Levin. The worst case scenario: Why amber myers drowned in her swimming class 1990. #programa_afogamento Carroll 1990
  14. Cool, L.M. (1992). Longitudinal changes in the aquatic locomotor patterns of twin boys. Unpublished video data: personal correspondence.
  15. Costa, A.; Marinho, D.; Rocha, H.; Silva, A.; Barbosa, T.; Ferreira, S.; Martins, M. (2012) Deep and shallow water effects on developing preschoolers’ aquatic skills. Journal of Human Kinetics, 32, 211-219. #Restrição Costa, 2012
  16. Council for National Cooperation in Aquatics. (1965). Water fun for everyone. New York: Association Press
  17. Council for National Cooperation in Aquatics. (1985). Aquatic activity programs for children under the age of three. National Aquatics Journal, 1(2), 12-13.
  18. Cureton, T. (1943). Warfare aquatics. Chicago: Stipes.
  19. Cureton, T. (1949). Fun in the water. New York: Association Press.
  20. D’alessio, D.; Minor, T.; Allen, C.; Tsiatis, A.; Nelson, D. 1981. A study of the proportions of swimmers among well controls and children with entrerovirus-like illness shedding or not shedding an entrerovirus. American Journal of Epidemiology, 113(5), 533-541. D’alessio, 1981
  21. De Souza, R; DE Oliveira Minkos, F; Dantas, G; Zanco, M; De Souza, P; & De Souza Rosa, P. (2013). Um breve estudo sobre o nado borboleta. Anuário, 2(2). #Lacom  De Souza  2013
  22. Desterbeck, R.A., Clement, P.A., Kaufman, L., & Derde, M.P. (1986). The effect of swimming on nasal patency and tubal function in children: A prospective 24 week cross-over study on 154 children. Acta otorhinolaryngology Belgetica, 49, 606-614.
  23. Diem, L. (1982). Early motor simulation and personal development. Journal of Physical Education, Recreation & Dance. 53(9), 23-25. #Desenvolvimento Diem, 1982
  24. Erbaugh, S. (1978). Assessment of swimming performance of preschool children. Perceptual and Motor Skills, 47, 1179-1182. #Instrumento: Swimming Scale For children by Erbaugh   Erbaugh, 1978
  25. Erbaugh, S. (1986). Effects of aquatic training on swimming skill development of preschool children. Perceptual and Motor Skills, 62, 439-446. #programa_iniciante Erbaugh, 1986
  26. Erbaugh, S. (1986a). Effects of body size and body mass of the swimming performance of preschool children. Human Movement Science. 301-312. #Restrição Erbaugh, 1986
  27. Erbaugh, S. J. (1986b). Effects of aquatic training on swimming skill development of preschool children. Perceptual and Motor Skills, 62, 439-446. #Desenvolvimento Erbaugh, 1986 
  28. Erbaugh, S.J. (1980). The development of swimming skills of preschool children. In C Nadeau. K. Newell, G. Roberts & W. Halliwell (eds.). Psychology of motor behavior and sports – 1979 (pp. 324-335). Champaign, IL: Human Kinectics. #desenvolvimento
  29. Erbaugh, S.J. (1981). The development of swimming skills of preschool children over a one and one-half year period. Dissertation Abstracts International, 42, 2558A. #programa_iniciante #instrumento
  30. Erbaugh, S.J. (1987). Parent-child interactions during an informal swimming session. In J.H. Humphery & J.E. Clark (eds.). Advances in Motor development research (vol. 1, pp. 61-74). New York: AMS Press.
  31. Freudenheim, A. M. ; Tani, G. (2008). Um olhar sobre a natureza da representação mental e suas implicações para a intervenção profissional. In: Corrêa, U.C. (Org.). Pesquisa em Comportamento Motor: a intervenção profissional em perspectiva. 1 ed. São Paulo: EFP/EEFEUSP, p. 75-86. #Lacom  Freudenheim 2008
  32. *Freudenheim, A.M. O nadar: uma habilidade motora revisitada. 1. ed. São Paulo: EFEUSP/EFP, 1995. 92p. #Programa Baixar PDF
  33. Freudenheim, A.M. Seleção da avaliação. In: A. Freudenheim. (Org.). O nadar: uma habilidade motora revisitada. 1ed. São Paulo: EEFUSP/EFP, 1995, v. 1, p. 83-92. #Lacom Baixar PDF
  34. *Freudenheim, A.M.; Basso, L; Xavier Filho, E.; Madureira, F; SILVA, C. G. S; & Manoel, E. J. (2005). Organização temporal da braçada do nado crawl: iniciantes “versus” avançados. Revista Brasileira Ciência e Movimento, 13(2), 75-84. #Lacom #Concepção  Baixar PDF
  35. Freudenheim, A.M.; Gama, R.I.R.B.; Carracedo, V. A. Curso aprendendo a nadar. In: Katia Rubio. (Org.). Memória dos cursos comunitários e e extensão da EEFE-USP. São Paulo: EEFE-USP, 2009, p. 43-56. #Lacom  Freudenheim 2009
  36. *Freudenheim, A.M.; Gama, R.I.R.B.; Carracedo, V. A. Fundamentos para a elaboração de programas de ensino do nadar para crianças. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 2, n.2, p. 61-69, 2003. #Lacom #Programa Baixar PDF
  37. Freudenheim, A.M.; Gama, R.I.R.B.; Carracedo, V. A. Fundamentos para a elaboração de programas de ensino do nadar para crianças. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 2, n.2, p. 61-69, 2003. #Lacom  Freudenheim 2003
  38. Freudenheim, A.M.; Gama, R.I.R.B.; Moíses, M. P. La habilidad Nadar (Re)visón. Ciencias de la Actividad Física (Talca), v. 4, p. 139-155, 1996. #Lacom
  39. Freudenheim, A.M.; Iwamizu, J. S.; Santos, S. Da pesquisa sobre instrução à intervenção profissional. In: Correa, U.C. (Org.). Pesquisa em Comportamento Motor: a intervenção profissional em perspectiva. 1ed. São Paulo: EFP/EEFEUSP, 2008, p. 231-239. #Lacom
  40. Freudenheim, A.M.; Madureira, F. (2006). Natação: Análise e ensino do nado crawl. In: G. Tani; J.O. Bento; P.R.D. Souza. (Org.). Pedagogia do Desporto. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, p. 372-383. #Lacom
  41. Freudenheim, A.M.; Madureira, F. Natação: características e ensino das habilidades específicas. In: Paula Hentschel Lobo da Costa. (Org.). Natação e habilidades aquáticas: subsídios para o ensino. Barueri: Manole, 2010, p. 89-110. #Lacom
  42. *Freudenheim, A.M.; Madureira, F.; Apolinário, M. R.; Marques, M.T.S.P.; Pasetto, S. C.; Basso, L. Aprendizagem Motora e o Ensino da Natação. In: Tani, G.; Corrêa, U. C. (Org.). Aprendizagem motora e o ensino do esporte. São Paulo: Blucher, 2016, p. 269-285. #Lacom #Concepção Baixar PDF 
  43. Freudenheim, A.M.; Tani, G. (1998). Efeito da especificidade da meta na aprendizagem de uma habilidade de sustentação no meio líquido, em crianças. Revista da Associação dos Professoras de Educação Física de Londrina, 13, 1-11. #Lacom
  44. Freudenheim, A.M.; WULF, G; Madureira, F; Pasetto, S. C; & Corrêa, U. C. (2010). An external focus of attention results in greater swimming speed. International Journal of Sports Science & Coaching, 5(4), 533-542. #Lacom  Freudenheim 2010
  45. Fugita, M. Efeitos do modelo na aprendizagem do nado sincronizado. 2010. Tese (Doutorado em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da USP.  #Lacom Fugita 2010
  46. Harrod, D.K., & Langendorfer, S. (1990). A scalogram analysis of American Red Cross Beginner swimming skill terms. National Aquatics Journal, 6, 10-16.
  47. Harte, L.; Frost, F.; Grunenfelder, G.; Perkins-Jones, K.; Libby, J. (1984). Giardiasis in an infant and toddler swim class. AJPH, 74(2). Harter, 1984
  48. Iwamizu, J. S. Efeito de diferentes estratégias de instrução na aprendizagem do mergulho lançado em crianças. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da USP. #Lacom  Iwamizu 2006
  49. Iwamizu, J. S; Apolinário, M. R; Marques, M.T.S.P.; De Araújo, U. O; Basso, L; & Freudenheim, A.M. (2008). Efeito da estratégia de instrução na aprendizagem do mergulho lançado em crianças. #Lacom
  50. Jackson, A., & Pettinger, J., (1969). The development and discriminant analysis of swimming profiles of college men. In 72nd Annual proceedings of NCPEAM Meeting (pp.104-110). Minneapolis: National College Physical Education Association for Men.
  51. Langenderfer and Bruya (1995)……..
  52. Langendorfer, 1988. Aquatic Games and Gimmicks for Young Children. #programa_iniciante Langendorfer 1988
  53. Langendorfer, 1990. Contemporary Trends in Infant/Preschool Aquatics-Into the 1990s and Beyond. #Desenvolvimento #programa_iniciante Langendorfer1990
  54. Langendorfer, 2009. Scientific Review: Minimum Age for Swim Lessons.  #programa_afogamento #Desenvolvimento Langendorfer 2009
  55. Langendorfer, 2010. Applying a developmental perspective to aquatics and swimming. #Desenvolvimento Langendorfer  2010
  56. Langendorfer, 2014. Acknowledging Louise Priest, Grande Dame of Aquatics. Langendorfer 2014.2
  57. Langendorfer, 2014. Insights on Parents Attending Swim Lessons. #programa_iniciante #Restrição Langendorfer 2014
  58. Langendorfer, 2015. Changing Learn-to-Swim and Drowning Prevention Using Aquatic Readiness and Water Competence. #programa_iniciante #Desenvolvimento Langendorfer 2015.2
  59. Langendorfer, 2015. Oh, Baby, Baby: Examining Claims for Water Safety and Drowning Prevention of Infants. #programa_afogamento Langendorfer, 2015
  60. Langendorfer, S. (1974). The effects of tactile stimulation using water and general motor activity on the motor development of six to nine month old human infants. Unpublished master’s thesis, Purdue University, West Lafayette, IN.
  61. Langendorfer, S. (1984a, February). Aquatic assessment instrument and individualized education plan. Paper presented at the Annual Midwest AHPERD conference, Indianapolis.
  62. Langendorfer, S. (1984b). Health and safety concerns in preschool aquatics. In L. Priest & A. Crowner (eds.). Opportunities in Aquatics (pp. 57-59). Indianapolis: Council Cooperation in Aquatics.
  63. Langendorfer, S. (1986b). Health and safety concerns in preschool swimming. National Aquatics Journal, 1(3), 8-9.
  64. Langendorfer, S. (1987). A prelongitudinal test of motor stage theory. Research quaterly for exercise and sport. 58 (1), 21-29. Langendorfer,1987
  65. Langendorfer, S. (1987b). Facts and fiction in aquatics for the young child. National Aquatics Journal, 3(1), 2-4.
  66. Langendorfer, S. (1989). Aquatic Expirencies for young children: Evaluating Risks and Benefits. Pediatric Exercise Science, 1, 230-243. Langendorfer, 1989
  67. Langendorfer, S. (1989a). Aquatics for young children with handcapping conditions. Palaestra, Spring, 17-39.
  68. Langendorfer, S. (1989b). Evaluating the risks and benefits in aquatics for young children. Pediatric Exercise Science, 1(3), 30-43.
  69. Langendorfer, S. (2010). Applying a Developmental perspective to aquatics and swimming. Langendorfer, 2010
  70. Langendorfer, S., & Bruya, L.D. (1988). Common sense principles for administering aquatic programs for young children. National Aquatic Journal, 4(2), 12-14.
  71. Langendorfer, S., & Willing, E. (1985). The impact of motor development research upon issues in infant and preschool aquatic development. National Aquatic Journal, 1(1), 14-15.
  72. Langendorfer, S., Bruya, L.D., & Reid, A. (1987). Facilitating aquatic motor development: A review of development and environmental variables. In J.H. Humphery & J.E. Clark (eds.) Advances in motor development research (vol. 1, pp. 219-235). New York: AMS Press. #Restrição Langendorfer et al., 1987
  73. Langendorfer, S., Roberts, M.A., & Ropka, C.R. (1987). A developmental test of aquatic readiness. National aquatics journal, 3(2), 8-9, 12.
  74. Langendorfer, S.; (1986). Aquatic s for the young child: facts and myths. JOPERD. Langendorfer, 1986
  75. Langendorfer, S.; German, E.; Kral, D. (1988). Aquatic Games and Gimmicks for young children. The national aquatics journal/fall. Langendorfer, 1988
  76. Langendorfer, S.; Quan, L.; Pia, F.; Fielding, R.; Wernicki, P. (2009). Scientific Review: Minimum Age for Swin Lessons. Internacional Journal of Aquatic Research and Education, 3(4). Langendorfer, 2009
  77. Langendorfer, S.J., Gray, D.P., Sharp, L.A, & Bruya, L.D. (1989). The single most important legal problem in infant/preschool aquatics: Managing risk in the aquatic environment. Legal Issues in Sport, 1(1), 59-75.
  78. Madureira, F. Comportamento do Nado de Atletas de Águas Abertas: Caracterização e Efeitos de Restrições da Tarefa e da Prática. Início: 2016. Tese (Doutorado em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da USP. #Lacom  Madureira 2016
  79. Madureira, F. Efeito da modificação da tarefa na braçada do nado crawl em indivíduos com níveis de habilidades distintos. 2006. Dissertação (Mestrado em Biodinâmica do Movimento Humano) – Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo. #Lacom  Madureira 2006
  80. Madureira, F.; Gollegã, D.; Rodrigues, H.F.; Oliveira, T.A.C.; Dubas, J.P.; Freudenheim, A.M. Validação de um instrumento para avaliação qualitativa do nado crawl. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 22, p. 273-284, 2008. #Lacom
  81. Madureira, F; Bastos, F. H; Corrêa, U. C; Rogel, T; Freudenheim, A.M. (2012). Assessment of beginner´s front-crawl stroke efficiency. Perceptual and Motor Skills, 115(1), 300-308. #Lacom  Madureira 2012
  82. Marques, M.T.S.P. Dicas verbais na aprendizagem de uma habilidade motora: foco no componente e na interação entre os componentes. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Andrea Michele Freudenheim. #Lacom Marques 2012
  83. Marques, M.T.S.P.; Bastos, F.H.; De Araújo, U.O.; Walter, C.; Freudenheim, A.M. Verbal Instructions on Learning the Front-Crawl: Emphasizing a Single Component or the Interaction between Components? Human Movement, v. 17, p. 80-86, 2016. #Lacom  Marques 2016
  84. McGraw, M. (1939). Swimming Behavior of the Human Infant. The journal of pediatrics. Mcgraw, 1939
  85. Michielon, G.; Scurati; R.; Roione; G.C.; Invernizzi, P.L. (DATASSSSS) Analysis and comparison of some aquatic motor behaviors in young children. Biomechanics and Medicine in Swimming – Revista Portuguesa de Desporto, 6(Suppl2), pp. 235-239. Michielon
  86. Moraes, M.T.M. Consistência e variabilidade no processo de aquisição de uma habilidade motora aquática:um estudo longitudinal, 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. #Lacom
  87. Morris, K. S., Skinner, T. L., Jenkins, D. G., Osborne, M., Shephard, M. E.(2006).
  88. Oka, H & Okamoto, K & Yoshizawa, M & Tokuyama, H & Kumamoto, M. (1978). Electromyographic and cinematographic study of the flutter kick in infants and children. Swimming III, proceedings of the third international symposium of biomechanics in swimming. 167-172. Oka et alli,  1978
  89. Oliveira, T.A.C.; Apolinário, M. R.; Freudenheim, A.M.; Corrêa, U. C. Análise sistêmica do nado crawl. Brazilian Journal of Motor Behavior, v. 4, p. 15-21, 2009. #Lacom  Oliveira 2009
  90. Oliveira, T; Torriani-Pasin, C; Silva, S; Denardi, R; Madureira, F; Apolinário, M; & Corrêa, U. (2014). A restrição espaciotemporal sobre a tomada de decisão de virar do nadador. Motricidade, 10(3), 90-98. #Lacom
  91. OMS 2017 #programa_afogamento
  92. Pasetto, S. C; Ried, B. U. W.; Freudenheim, A.M.; & Corrêa, U. C. (2011). Efeitos do foco de atenção no desempenho do nado Crawl: componentes posição do corpo e respiração. Brazilian Journal of Motor Behavior, 6(1), 31-36. #Lacom  Pasetto 2011
  93. Quan, 2015. Toward Defining Water Competency: An American Red Cross Definition. Quan 2015
  94. Rahman, A.; Linnan, M.; Mashreky, S.; Hossain, M.; Rahman, F. (2014). The prevalance of naturally acquired swimming ability children in Bangladesh: a cross sectional survey. BMC Public Healht. Rahman, 2014
  95. Ramos, 2015. Primary and Secondary Drowning Interventions: The American Red Cross Circle of Drowning Prevention and Chain of Drowning Survival. Ramos 2015
  96. Reid, A., & Bruya, L.D. (1984, November). Assessment of motor patterns in (a referência passada está incomplete)…
  97. Reid, A., Bruya, L.D., & Langendorfer, S., (1985, April) Development motor pattern sequences in the aquatics medium: Research findings. Paper presented to centennial conference at the American Alliance for Health, Physical Education, Recreation and Dance, Atlanta.
  98. Ried, B.; Fugita, M.; Freudenheim, A.M.; Basso, L.; Corrêa, U.C. (2012). Instrução verbal: solicitar foco de atenção não garante sua adoção e melhor desempenho. Motriz: Revista de Educação Física, v. 18, p. 449-455. #Lacom  Ried 2012
  99. Scandiuzzi, F.B. Caracterização do nado crawl habilidoso segundo variáveis taxionômicas de espaço, tempo e força. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da USP. #Lacom
  100. Schliehauf, R. (1986). Swmming Skill: A Review of Basic theory. Swimming Research, 2(2), 11-20. #Desenvolvimento Schliehauf, 1986
  101. Scottish Swimming – Learn to Swin. Lynn – Scottish swimming
  102. Shannon, T. (2014). Optimal aquatic readiness: A private vs community aquatic programming comparison. Shannom, 2014
  103. Simoni Da Silva, C.G. Consistência e variabilidade do nado crawl em indivíduos habilidosos. 2008. Dissertação (Mestrado em Biodinâmica do Movimento Humano) – Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo. #Lacom  Simoni da Silva 2012
  104. Stodden, 2008. A Developmental Perspective on the Role of Motor Skill Competence in Physical Activity: An Emergent Relationship. Stodden 2008
  105. Stodden, 2009. The association between motor skill competence and physical fitness in young adults. Stodden. 2009
  106. Stodden, 2014. Dynamic Relationships Between Motor Skill Competence and Health-Related Fitness in Youth. Stodden 2014
  107. Szpilman, 2014. Creating a drowning chain of survival. Szpilman 2014
  108. Tertuliano, I. W.; Silva, C. G. S.; Apolinário, M. R.; Oliveira, T. A. C. Fornecimento de feedback extrínseco na aprendizagem de habilidades motoras. Conhecimento de resultados versus Conhecimento de Performance. Revista UniÍtalo em Pesquisa, v. 4, p. 107-124, 2014. #Lacom
  109. Tirosh, Ruthy; Katz-Leurer, Michal; and Getz, Miriam D. (2008) “Halliwick-Based Aquatic Assessments : Reliability and Validity,” International Journal of Aquatic Research and Education: Vol. 2 : No. 3. #Instrumento: Water Orientation Test of Alyn 1 (WOTA1) and 2(WOTA2) Tirosh 2008
  110. Torlai, V.G. A convergência entre a motivação de alunos, pais e professores num programa de natação para crianças. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Educação Física) – Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo. #Lacom
  111. Vorontsov, A. R., Dyrco, V. V., Binevsky, D. A., Solomatin, V. R.(1999). Patterns of growth for some characteristics of physical development, functional and motor abilities in boy-swimmers 11-18 years. Biomechanics and Medicine in Swimming VIII, pp. 327-335. Vorontsov 2006
  112. Webber, 2015. Creating a new drowning chain of survival. #programa_afogamento Webber  2015
  113. WIELKI, C. 1980. Approche d’une education acquatique des enfants. Sport
    23:136-149. sem PDF
  114. Wielki, C.; Houben, M. (1983). Descriptions of leg movements of infants in an aquatic environment. #Desenvolvimento Wielki, 1983
  115. Xavier Filho, E. A aquisição da locomoção aquática em bebês no primeiro ano de vida. 2006. Tese (Doutorado em Educação Física) – Universidade de São Paulo. #Lacom Xavier Filho 2006
  116. Xavier Filho, E. Efeitos das restrições da tarefa e do ambiente no comportamento de lomoção no meio aquático. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade de São Paulo. #Lacom  Xavier Filho, 2001
  117. Xavier Filho, E.; Basso, L.; Madureira, F.; Freudenheim, A.M. Aspectos temporais da braçada do nado crawl: iniciantes versos avançados. In: III Seminário de Comportamento Motor, 2002, Gramado. III Seminário de Comportamento Motor, 2002. #Lacom
  118. *Xavier Filho, E.; Manoel, E. de J. Habilidade motora nadar e o estudo do comportamento motor. In: Go Tani. (Org.). Comportamento Motor: Desenvolvimento e aprendizagem. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005, p. 285-294. #Desenvolvimento Baixar PDF
  119. *Xavier Filho, E; & Manoel, E. J. (2002). Desenvolvimento do comportamento motor aquático: Implicações para a pedagogia da natação. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, 10(2), 85-94. #Desenvolvimento Baixar PDF

As produções do LACOM no âmbito do Comportamento Motor Aquático foram atualizadas em Out 2017

Anúncios